Um doidivanas mostra o seu saber por intermédio das palavras e um pouco da imagem. Poemas, opiniões, revisões. Uma mistura de sociedade e tecnologia. Com temáticas conforme me vou lembrando de escrever.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Desistir!

Sem comentários




Não desisto!


E não sei porque insisto,


em imaginar,


que um dia me venhas a amar!


E continuo a lançar,


aquilo que te posso dar.


Se por palavras tens prazer,


não me fartarei de escrever.


Está cada um em seu canto,


onde o amor não merece espanto.


E eu no meu lado,


absolutamente maravilhado.


Olho o passado com delicia,


mas o presente com menos alegria.


Pois consigo passar do sorriso ao choro,


e a mim imploro:


Pára de imaginar!


Está-te a matar!


E a cair na realidade,


fico com a triste verdade,


entregue à solidão,


onde não há ilusão.




Philo Philos Pachem

Até por acaso

Sem comentários :

Enviar um comentário