Um doidivanas mostra o seu saber por intermédio das palavras e um pouco da imagem. Poemas, opiniões, revisões. Uma mistura de sociedade e tecnologia. Com temáticas conforme me vou lembrando de escrever.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Uma noite agradável

Sem comentários
Num destes passeios ao acaso, tive uma noite bastante divertida e agradável com amigos acabadinhos de conhecer!

Estavam a jogar ao monte e despertaram a minha atenção, quando me dirigi a eles e pedi para observar, eles confrontaram defensivamente. Depois das apresentações estiveram então a explicar-me o jogo. É um jogo a dinheiro muito simples de jogar por acaso! O jogo consiste em apostar no monte mais alto.A banca prepara os montes conforme o numero de jogadores. Depois de virar os montes ganha quem tiver a carta mais alta, quem tiver o Ás de espadas fica banca. Jogavam por pura diversão e para passar o tempo! Joguei com eles um pouco, depois de ter percebido o jogo, usei a técnica da dobra até ter recuperado o dinheiro e depois saí. Não queria dinheiro, queria divertir-me

A conversa foi longa e agradável, a certa altura deu a fome e fomos à bomba. Trouxe uma garrafa de água que não me deixaram pagar. Quando chegamos de volta ao parque o nosso amigo que tinha exagerado na bebida ainda estava pelo chão, deu-lhe vontade de vómitos e tivemos que o ajudar a mudar de posição para facilitar, pouco mais podíamos fazer.

E acabamos a noite com problemas de lógica e calculo. Eu dei o meu preferido de lógica, o problema dos chapéus (ir para) , e um deles deu um de calculo, o problema dos cinco cincos(app). Como me mostrou dúvida eu coloquei-o a fazer o problema de forma a ele encontrar a solução e não mostrar. Entretanto outro deles já estava a resolve-lo, foi giro pois um que sabia e outro que não e acabaram quase ao mesmo tempo! Entretanto as horas já eram muitas e eu fiquei de conseguir achar mais casos favoráveis, pois curiosamente eles resolveram o problema com casos favoráveis diferentes.

E foi uma noite agradável, fiquei com um problema e deixei outro para resolver.





Philo Philos Pachem

Até por acaso

Sem comentários :

Enviar um comentário