Um doidivanas mostra o seu saber por intermédio das palavras e um pouco da imagem. Poemas, opiniões, revisões. Uma mistura de sociedade e tecnologia. Com temáticas conforme me vou lembrando de escrever.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Não deveria Bush justificar-se no tribunal internacional?

1 comentário
Enganou o mundo com uma história que envolvia armas de destruição em massa, e até ver ainda não se viu armas nenhumas.
Um mero pretexto para os EUA irem buscar petróleo ao Iraque e todo o mundo concordou porque foi enganado ou deixou-se enganar. Leva-me a perguntar, será que se pode confiar nos EUA? Falam em paz e têm Deus presente na moeda, mas só desenvolvem equipamento bélico, obrigando outros a fazer o mesmo, esquecendo-se que nada se consegue à força e que violência só traz violência.
Pensam que são donos no mundo, nada mostram a favor da paz e do ambiente.
O Bush matou um ditador, mas ainda faltam muitos. E como é fácil julgar um ditador e difícil de julgar um causador de morte e medo protegido por leis que pouco têm de valor pois quantas leis foram ultrapassadas com a guerra!?
Sim senhor Bush, como gostaria de o ver julgado pelos actos que cometeu, pois não trouxe paz, apenas guerra e não havia motivo para tanto, apenas um interesse cego pelo petróleo.
O caminho da paz é difícil e complexo mas o sr Bush só ajudou a haver mais sede de vingança, pois que direito tinha ele em enviar tropas para o Iraque!?
O mal está feito, um morreu e outro deixou de governar, e a responsabilidade pelos actos cometidos vai-se esquecendo, permitindo ao que ficou, viver sem ser responsabilizado pelos actos que mandou executar, pois americano algum passará pelo o dito tribunal internacional.

1 comentário :

  1. Com certeza deveria ser julgado sim. Mas acho difícil acontecer com um ex madatário da nação mais poderosa do planeta, infelizmente.
    Abraços

    ResponderEliminar