Um doidivanas mostra o seu saber por intermédio das palavras e um pouco da imagem. Poemas, opiniões, revisões. Uma mistura de sociedade e tecnologia. Com temáticas conforme me vou lembrando de escrever.

terça-feira, 22 de abril de 2008

O dia Mundial da Terra

Sem comentários



Fig1. Mamã Terra



Ontem fiz a minha "asneirinha" pela mamã grande(Terra), assim num sítio onde ninguém viu, para eu no meu egoísmo fazer umas festinhas á mamã sem ninguém ver.

Depois vim e fui dar umas voltas pela wikipédia, descobri que afinal o dia é uma americanice! Fiquei espantado, mas lá para os finais de 60, Gaylord Nelson(Info em inglês), um senador norte-americano, mostrava paixão pela mamã natureza(Terra) e defendeu que a evolução humana económica nunca deveria por em causa a natureza, pena já cá não estar para a luta do lado americano, mas já vai dar para lembrar este dia 22 de abril de uma forma diferente, um dia proposto por John McConnell, em 1969.


A preocupação já vem de á muito, as pessoas e principalmente os políticos é que continuam em mau agir, levando a esta evolução com poluição exagerada.

Evoluir, poluindo cada vez mais, não interessa a ninguém, olhar só pela perspectiva económica não interessa a ninguém.

Mas além de política para políticos, o individuo civil, comum mortal, pode até dar o exemplo a muitos políticos, preocupando-se diariamente com a mamã.

Não será só fazer algo, no dia Mundial da Terra, tais como iniciativas activistas a limpar praias ou florestas, que o espirito de preservar a mamã cresce, mas ajuda, logo é de louvar taias iniciativas e de louvar quem nelas participa.

A grande mamã é de todos e todos deviam tratá-la muito bem, mas infelizmente existe sempre quem a trate mal, já se tornou uma normalidade da sociedade humana fazer mal á mamã, e coitada da mamã grande lá vai aguentando, pois se ela não fizesse esse esforço natural, onde nós já estariamos!




Fig2.Imagem ESA




Mas nós fomos carinhosos com a mamã grande, e demos-lhe um anêl, claro que como errar é humano e a mamã só tem é que compreender, a construção do anêl não correu muito bem(Fig2), claro está que depois de algumas tentativas e um esforço tremendo entre nações, a construção foi um sucesso(Fig3), vamos ver é o que o papá grande(Sol) vai dizer.




Fig3. Imagem ESA




Claro está que as nações do contra afirmam que o anêl foi um desperdício de dinheiro e que no fundo, o anêl é meramente lixo espacial criado por humanos(Fig3)!
Mesmo assim é bom dizer que estão agradecidos pelos serviços que as experiências que levaram á construção do anêl, agora prestam.

Ainda existem nações que acreditam que o anêl ainda não está bem. Será que vai haver algumas a pensar em remover os extras do anêl (o que correu mal!)

Ora digam lá, nós somos mesmos carinhosos com a mamã, não somos?

Sem comentários :

Enviar um comentário